Faça o Login ou Cadastre-se

Arpen/SP: Auxiliar impede golpe de R$ 20 mil em cartório de São Mateus

Publicado em: 11/10/2018
O auxiliar do cartório de Registro Civil de São Mateus, Guilherme Santos Silva, impediu que um usuário caísse num golpe de R$ 20 mil reais, numa falsa compra de um veículo inexistente que seria realizada no dia 8 de outubro.
 
Na ocasião, ele foi o primeiro quem identificou o documento falso que foi apresentado pelo golpista: uma CNH com a coloração muito diferente da padrão e sem os ícones de segurança. “Fiz todo o procedimento para recepcionar o pedido. Entretanto, quando tirei a CNH do plástico, já identifiquei o erro: as laterais da CNH são verde-musgo, mas a que recebi era cinza, e o colocar na luz negra, a parte traseira do documento estava totalmente irregular, não tendo sequer o símbolo de segurança”. Na sequência, o auxiliar avisou o escrevente Rafael Bernardo, que já acionou a delegacia. “Imediatamente já enviei uma mensagem ao investigador da delegacia em frente, que prontamente veio dar suporte”, detalhou.
 
A oficial de Registro Civil da serventia, Daniela Mroz, contou que estas tentativa de fraudes são frequentes. “Pelo menos duas vezes por mês detectamos fraudadores, mas esta foi a primeira com valores tão alto envolvidos”, disse.
 
Para evitar as fraudes, a oficial criou um script quando o fraudador é identificado. “Como temos a delegacia bem em frente, já criamos um vínculo com o investigador, que recebe um SMS nosso assim que algo de incomum é encontrado”, e complementa: “Nossa conduta, identificado o infrator, é abrir a firma como se nada tivesse acontecido, para que ele possa nos fornecer seus dados, apresentar o documento que ele quer reconhecer firma, e por fim o fotografarmos, para que a polícia tenha todos os dados e possa dar o flagrante”, descreveu.
 
Detido, o infrator foi acompanhado à delegacia junto com o escrevente Rafael Bernardo como testemunha, e posteriormente identificado o flagrante. “Este caso prova o quão importante são os cartórios para a sociedade, pois eles fornecem uma segurança jurídica e auxiliam na solução de fraudes, como neste caso”, disse.

Fonte: Arpen/SP
Tags relacionadas: Cartório, São Mateus