TJ/SP: Diretoria da OAB/SP, eleita para o triênio 2019/2021, é recebida no Palácio da Justiça

Publicado em: 06/02/2019
Amanhã, a Ordem dos Advogados do Brasil Seção São Paulo será parte integrante da cerimônia de Abertura do Ano Judiciário de 2019, conforme preceitua o artigo 133 da Constituição Federal: “O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei.”.
 
Antes disso, entretanto, na data de hoje (5), a nova diretoria da OAB SP – composta por Caio Augusto Silva dos Santos (presidente), Ricardo Luiz de Toledo Santos Filho (vice-presidente), Aislan de Queiroga Trigo (secretário-geral) e Raquel Elita Alves Preto (tesoureira), em companhia do presidente da Comissão de Prerrogativas da OAB, Leandro Sarcedo – fez questão de fazer a primeira visita, de cortesia, à Presidência do Tribunal de Justiça de São Paulo.   
 
Recebidos pelo desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, que se fez acompanhar pelos desembargadores integrantes da Comissão Mista de Assuntos Institucionais entre o TJSP e a OAB SP, Mary Grün (presidente), Mauricio Pessoa e Luiz Guilherme da Costa Wagner Junior e pelos juízes assessores da Presidência (Assuntos Jurisdicionais) Airton Pinheiro de Castro e Ricardo Dal Pizzol, os advogados paulistas ouviram do chefe do Judiciário que a cooperação e o respeito entre as instituições que atuam no processo promovem as condições necessárias para que haja uma “verdadeira, completa e justa distribuição de Justiça”. Ele destacou a importância do trabalho dos advogados que vêm ao Judiciário pelo Quinto Constitucional: “são todos desembargadores”.
 
Nova gestão – A OAB SP, que representa cerca de 350 mil advogados, é agora presidida por Caio Augusto Silva dos Santos, natural de Bauru. Ele advoga há 22 anos e é professor de Direito Civil e Processual Civil nas Faculdades de Direito de Bauru (Instituição Toledo de Ensino) e Faculdade Instituto de Ensino Superior de Bauru, além da Escola Superior de Advocacia da Seção São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil (ESA SP), instituições educacionais bem conhecidas do presidente Pereira Calças. “O presidente Caio foi meu aluno no curso de bacharelado e depois colega de magistério”, disse, externando que o TJSP e a OAB podem atuar como parceiros. “Só posso dizer da honra que essa visita nos proporciona, os senhores têm aqui contato direto com a Presidência e sua assessoria.“
 
Durante sua gestão, o presidente Caio Augusto pretende dialogar e valorizar a categoria. “A fragilização da Advocacia é a fragilização do Judiciário e a fragilização do Judiciário é a fragilização da Advocacia”, disse, ressaltando que a intenção da OAB SP é servir a maior autoridade do estado democrático: o cidadão.
 
Em busca de denominadores comuns para o Judiciário e Advocacia, a Comissão Mista de Assuntos Institucionais já se posicionou quanto à sistemática dos trabalhos em 2019, no intuito de garantir o alto índice de efetividade nas soluções das demandas naturais inerentes às atividades de juízes e advogados.

Fonte: TJ/SP
Tags relacionadas: OAB/SP, Diretoria, Triênio 2019/2021