ITI: Certificação digital ICP/BR terá bancada de apoio no Congresso Nacional

Publicado em: 18/07/2019
O diretor-presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), Marcelo Buz, participou nesta segunda-feira, 15 de julho, de encontro sobre certificação digital, na sede da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (FACESP). O evento reuniu lideranças do setor em torno da criação de bancada de apoio no Congresso Nacional em defesa da certificação digital ICP/BR. O encontro “Diálogos ICP/BR” foi realizado pela Associação Nacional de Certificação Digital (ANCD), em São Paulo.
 
O objetivo do encontro foi apresentar e debater a importância da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil para as políticas públicas de governo digital e a necessidade de fomento da infraestrutura para a digitalização do país e combate a corrupção e fraudes.
 
Buz ressaltou a importância do certificado digital ICP/BR como ferramenta que garante a segurança nas transações em ambiente virtual com plena validade jurídica. “O Brasil está passando por uma transformação digital e precisamos ampliar o uso do certificado digital. Estamos criando o ambiente para massificar o seu uso”, declarou.
 
Atualmente são mais de 8 milhões de certificados digitais ativos no modelo da ICP/BR. Ao longo deste ano, o mercado registra crescimento de cerca de 30%, contabilizando mais de 2,6 milhões de certificados emitidos.
 
Ao anunciar a criação de uma bancada de apoio ao tema no Congresso, o deputado federal e vice-presidente da FACESP, Marco Bertaiolli, destacou a importância da certificação digital para o novo contexto de desburocratização do país. Ele citou a Medida Provisória nº 881, que trata da liberdade econômica, como uma oportunidade do uso da certificação digital na rotina de pequenas e microempresas.
 
No encontro, o presidente da ANCD, Egon Schaden Júnior, destacou o papel estratégico da FACESP e da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) na difusão dos certificados digitais, utilizando sua rede de associações nos municípios para prestar o serviço de identificação e emissão dos certificados. Segundo ele, são mais de 2.500 pontos de contato espalhados nos 26 estados e no Distrito Federal.
 
“Seguimos firmes no propósito de apresentar ao parlamento brasileiro e à sociedade civil a importância da manutenção desta infraestrutura para que o processo de digitalização do Brasil seja realizado com a segurança da informação e a confiança necessárias. Identificar fisicamente e digitalmente pessoas e empresas é um dever do nosso País, que há dezoito anos confia à iniciativa privada e as empresas credenciadas esta missão que vem sido realizado com maestria e tirocínio pelas Autoridades Certificadoras e Autoridades de Registro”, declarou Schaden Júnior.
 
Ainda participaram do evento o presidente da FACESP, Alfedo Cotait, e representantes das Autoridades Certificadoras e entidades associadas à ANCD: CERTISIGN, VALID, SERASA, AC BR, CACB e Instituto Fenacon.

Fonte: ITI
Tags relacionadas: Certificação Digital, Congresso Nacional