Anoreg/SP: Treinamento Prático da Caravana da Proteção – Etapa em São José do Rio Preto reúne 220 pessoas

Publicado em: 23/07/2019
Campanha “Cartórios. Quem Protege Você” percorrerá também Marília, Campinas, Ribeirão Preto e São José dos Campos para capacitar equipes de atendimento
 
No último sábado (20.07), aconteceu no Ipê Park Hotel, em São José do Rio Preto, mais uma edição do Treinamento Prático da Caravana da Proteção, iniciativa que tem por objetivo detalhar a aplicação prática da campanha interna nos cartórios. O curso, que aconteceu pela segunda vez fora da Capital paulista, foi dirigido a substitutos e funcionários líderes das equipes.
 
O treinamento teve início com a apresentação da campanha “Cartórios. Quem Protege Você” realizada pela executiva e CSO da To Be Good, Ester Krivkin, que mostrou a opinião da sociedade em relação aos cartórios. “A sociedade acredita que os cartórios são lentos, burocráticos e caros. Em resumo, um “mal necessário”, que atravanca a vida das pessoas”, disse.
 
Krivkin salienta que apesar dessa negatividade, os cartórios são bem avaliados no quesito instituição. “Uma pesquisa realizada em 2015, pelo Datafolha, revelou que os cartórios são a instituição mais confiável do Brasil para 88% dos entrevistados. A To Be Good também fez um levantamento detectando que 66,4% das pessoas utilizam os cartórios para se sentirem seguras e protegidas”.
 
Para a oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais e Tabelionato de Notas de União Paulista, Tarsila Amaral Garcia, a campanha é importante para divulgar a verdadeira função dos cartórios. “Existe uma falta de conhecimento enorme por parte da população em relação aos nossos serviços”. Com este mesmo pensamento, Valéria Regina Zuanetti do Carmo, titular do 2º Registro Civil de São José do Rio Preto, elogia a iniciativa, que vai ajudar a tirar essa ideia errônea sobre as serventias.
 
Continuando a apresentação, Krivkin falou que o próximo passo será atingir a população com uma campanha publicitária focada nessa proteção. “As pessoas buscam nos cartórios proteção para seus acordos financeiros, para compra e venda de bens, para atestar sua identidade, entre outros. Porque a proteção dada pelos cartórios é maior que todos os “defeitos” atribuídos ao segmento”, finalizou.
 
“O treinamento é importante, principalmente, para que os colaboradores possam entender a importância dos cartórios e conseguir transmitir para os nossos usuários”, falou Adalberto Viana, escrevente do 2° Registro de Imóveis de Rio Preto.
 
Reputação para blindar crises e facilitar negócios
 
Coube à psicóloga e consultora de pessoas, Pamella Kazantzis falar sobre o tema Cultura Organizacional e Reputação. Kazantzis explicou que a cultura tem o poder de unir e, no caso das empresas/instituições, precisa ser alinhada com as leis, com a linguagem, com os comportamentos e com as expectativas das pessoas. “Cultura é o que nos une. É um modo de vida. O que a gente faz todo dia e está incorporado em um grupo particular, num determinado tempo”, falou.
 
Sobre reputação, Kazantzis destacou o poder de blindar crises, facilitar e dificultar os negócios. “A reputação é uma pré-requisito para dar certo ou dar errado. Precisamos criar um storymaking (uma boa história), baseada nos valores que os cartórios já possuem e, em seguida, comunicar. A comunicação é a chave do sucesso, se ela não existir, o outro não fica sabendo e você não ganha reputação”, finalizou Kazantzis, explicando que os cartórios precisam mostrar para população o significado de proteção e, para isso, essa verdade precisa estar na essência de cada colaborador.
 
Bruno José Berti Filho, titular do Registro de Imóveis e Anexos de Votuporanga, acredita ser válido mudar a cultura existente para mostrar o que realmente os cartórios são. Este pensamento é também de Paulo Maurício Hannickel, oficial substituto do Registro de Imóveis de Monte Aprazível. “O que temos de maior proposito é a proteção das garantias individuais dos cidadãos, precisamos deixar isso claro para os nossos clientes”.
 
O que o cliente mais valoriza no seu atendimento
 
A palestra “Cultura de Atendimento. Entregando a promessa da sua marca” foi ministrada por Marcia Oller, diretora da MK5. Oller destacou que todo cliente espera ser atendido com atenção, respeito, informação, rapidez e experiência. “O que ele mais valoriza é ser atendido por uma equipe de qualidade e que entregue um serviço diferenciado, além de ser simples, personalizado e divertido”.
 
Em relação aos colaboradores, Oller definiu que existem três tipos: interesseiro, interessado e interessante. “O interesseiro sempre vai fazer um serviço mal feito, o interessado vai fazer o serviço certinho, já o interessante vai fazer além. No caso dos líderes, eles precisam ter a habilidade de influenciar pessoas para que trabalhem com entusiasmo visando atingir os objetivos identificados como sendo para o bem comum”, enfatizou.
 
“Uma pesquisa realizada mostrou que 70% das pessoas abandonam ou saem falando mal quando são mal atendidas, 49% porque o atendimento era de baixa qualidade, 30% quando o seu pedido não é solucionado, 21% por falta de atenção, 15% porque mudam para uma solução mais barata ou quando encontram uma solução melhor. Com esse resultado, notamos a importância de um bom atendimento”, falou Oller. Para a especialista em marketing, o que os clientes mais odeiam é quando a empresa/organização promete uma coisa que não pode ser cumprida.
 
Anderson Luiz Moreto Batista, escrevente do 3º Tabelião de Notas de São José do Rio Preto, acredita que a iniciativa não vai ajudar apenas a mudar a imagem das serventias, mas também nas relações dentro das unidades. Já Édila Lima Serra Ribeiro, titular Registro Civil e Tabelionato de Notas de Água Vermelha, destacou os materiais da campanha. “O material entregue hoje espelha a realidade dos feedbacks que recebemos dos nossos clientes. O kit vai ajudar no treinamento até de novos colaboradores”.
 
“Estou muito empolgado com a campanha “Cartórios. Quem Protege Você”, porque as pessoas precisam realmente saber dos serviços que disponibilizamos”, falou Rafael Gussoni Furlan, escrevente do 2º Tabelião de Notas e de Protesto de Letras e Títulos da Comarca de Catanduva.
 
Além do treinamento, os presentes terão acesso a um game que utiliza experiência imersiva, gibi, e-book e áudio-book como ferramentas de apoio. Clique aqui para saber mais sobre o Game Pills.

Fonte: Anoreg/SP
Tags relacionadas: Treinamento prático, Caravana da Proteção, São José do Rio Preto