TJ/SP: Morre o ex-presidente do TJ/SP, desembargador Yussef Cahali

Publicado em: 15/08/2019
O Tribunal de Justiça de São Paulo comunica o falecimento, ocorrido no dia 13 de agosto, do desembargador Yussef Said Cahali, presidente do TJ/SP no biênio 1996/1997 e professor da Faculdade de Direito do Largo São Francisco. O corpo foi velado no Velório Funeral Home, Sala Paris, no dia 13 e sepultado ontem, dia 14 de agosto.
 
O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, decretou três dias de luto oficial no Poder Judiciário paulista.
 
Os integrantes do TJ/SP se irmanam à dor dos familiares e amigos nessa hora difícil para todos que com ele conviveram. E prestam homenagens ao trabalho por ele realizado ao longo de sua carreira, que engrandeceu a Magistratura paulista. 
 
Yussef Said Cahali – nasceu em 1930 na cidade de Bauru, interior de São Paulo. Formou-se em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, turma de 1954. Ingressou na Magistratura como juiz substituto da então 6ª Secção Judiciária, com sede em Piracicaba, em 1956. Ao longo da carreira trabalhou nas comarcas de Santa Cruz das Palmeiras, Cafelândia, Lucélia e na Vara da Infância de São Paulo. Foi removido a juiz substituto de 2ª Instância em 1972 e assumiu o cargo de juiz do 1º Tribunal de Alçada Civil de São Paulo em 1979. Chegou ao cargo de desembargador do TJ/SP em 1981. Foi 3º vice-presidente da Corte no biênio 1992/1993; 1º vice-presidente em 1994/1995 e presidente do TJ/SP em 1996/1997. Aposentou-se no ano 2000. Era professor titular da cadeira de Direito Civil da Faculdade de Direito da USP e publicou diversos livros e artigos ao longo da carreira.

Fonte: TJ/SP
Tags relacionadas: Ex-presidente, Desembargador, Yussef Cahali