Selos Comemorativos dos 450 anos do Notariado no Brasil: Adquira já o seu!

Publicado em: 01/10/2015
Em comemoração aos 450 anos de instalação do notariado brasileiro, o Conselho Federal do Colégio Notarial do Brasil (CNB/CF) lançou na última quarta-feira (30 de setembro), em parceria com os Correios, durante a abertura do XX Congresso Notarial Brasileiro, os Selos Notariais Brasileiros e abre a possibilidade de que notários de todo o Brasil possam adquirir o histórico Selo Comemorativo dos 450 anos do notariado brasileiro.
 
Com um design moderno e alusivo à data comemorativa, os selos poderão ser utilizados para enviar correspondências para todo o País. Eles serão vendidos em cartelas com 12 unidades, custando R$ 50,00 cada cartela. O CNB/CF poderá ainda realizar a reimpressão dos selos notariais brasileiros mediante demanda solicitada pelos tabeliães brasileiros. Não perca tempo e reserve já seus selos pelo e-mail [email protected].
 
Conjuntamente aos selos, será lançado também o Carimbo Comemorativo, que será utilizado durante um mês em todas as correspondências enviadas por uma agência dos Correios da cidade do Rio de Janeiro. O carimbo oficial dos Correios, com a marca dos 450 anos do notariado brasileiro, será remetido, após a utilização pela agência dos Correios, para o Museu Filatélico Numismático Brasileiro (MuFiNuBra), onde fará parte da exposição histórica dos carimbos nacionais.
 
História Filatélica
 
O MuFiNuBra é conhecido por alguns como Museu do Selo, Museu de Selos Antigos, Museu de Cartas e Manuscritos ou Museu de Documentos. Por outros é conhecido como Museu da Moeda, Museu das Cédulas, Museu das Notas Antigas ou Museu de coisas do Passado. O MuFiNuBra tem como objetivo, vincular a história aos testemunhos filatélicos numismáticos. Já Filatelia, é uma palavra derivada do grego, significando “amigo do selo”. Define o estudo dos selos postais, o hábito ou gosto de colecioná-los. Pré-filatélico é o período situado antes do aparecimento do selo postal, isto é, antes de 1840 para o mundo, e antes de 1843 para o Brasil.
 
Precursores são subscritos, cartas e fragmentos que circularam antes do aparecimento do selo postal. Dentro do Brasil a carta circulada mais antiga conhecida, até pouco tempo, era uma de 1767 entre a atual Cruzília (antigamente Encruzilhada) em Minas Gerais, e Parati, no Rio de Janeiro (escrito na época Paratti). Temos uma de 1700 de Pernambuco para a Bahia e outras sete mais antigas que esta.

Fonte: CNB/CF