Coquetel internacional celebra segunda edição de conferência criada pelo professor Hugo Perez Montero

Publicado em: 01/10/2015
Sessão de fotos relacionada: Coquetel de abertura da 2ª Conferência Afroamericana

A 2ª Conferência Afroamericana, que aconteceu no Sheraton Rio Hotel & Resort, no Rio de Janeiro, entre os dias 28 e 29 de setembro, reuniu notários de diversos países do mundo para debater temas essenciais para o futuro da atividade notarial.  Logo após a abertura, todos os presentes se reuniram para o coquetel de boas vindas, situação na qual aproveitaram para fortificar os laços e trocar experiências entre colegas que dividem o mesmo ofício, com todas as suas dificuldades e alegrias.
 
O encontro, que revitaliza uma ideia lançada pelo ex-presidente da UINL, o uruguaio Hugo Perez Montero, que em 1996 realizou na cidade de Abidjan, na Costa do Marfim, a sua primeira edição, tem como principal proposta desenvolver as bases nacionais para prestação de serviço no novo cenário de interligação eletrônica e transmissão de atos entre cartórios de todo o Brasil.
Durante a abertura do evento, o presidente do Colégio Notarial do Brasil – Conselho federal (CNB/CF), Ubiratan Pereira Guimãraes, ressaltou a relevância social da conferência. “O que se propõe para o nosso encontro é que se frutifiquem decisões úteis não apenas para o notariado, mas sobretudo para as sociedades dos nossos países”. 
 
Por sua vez, Daniel-Sedár Denghor, presidente da União Internacional do Notariado Latino (UINL), destacou a importância da diversidade na reunião. “Esse é um momento único do notariado. O Colégio Notarial conseguiu reunir tabeliães de toda parte do mundo para construir uma ponte de intercâmbio entre os dois continentes do atlântico sul na qual se podem haver trocas de saberes e de cultura”.

Fonte: CNB/SP